Investir em relacionamento faz crianças terem melhores notas na escola

Publicado em Notícias

Fortalecer o relacionamento entre professores, pais e alunos nas escolas pode ter mais impacto tão importante, ou até superior, no aprendizado dos jovens que o dinheiro, segundo uma pesquisa realizada em escolas públicas norte-americanas. Em outras palavras, é preciso investir em capital social.

O estudo envolveu mais de 5.000 estudantes e professores de 78 escolas públicas selecionadas aleatoriamente em Michigan, que compõem uma amostra representativa do estado.

Pesquisadores das universidades de Ohio, Ball State e Metodista do Sul analisaram questionários respondidos por professores e também os resultados dos testes obrigatórios para alunos do quarto ano para medir o desempenho acadêmico de cada escola. Além disso, utilizaram dados do estado sobre gastos por aluno.

Eles concluíram que dinheiro é importante, mas não é o único fator envolvido no desempenho acadêmico dos estudantes. Os alunos das escolas que têm mais dinheiro apresentaram melhores resultados nos testes, de um modo geral. Porém, o efeito do capital social foi três vezes maior que o do capital financeiro nas notas de matemática, e cinco vezes maior nas notas de leitura.

Os dados, publicados no Journal of Education for Students Placed at Risk, mostram que escolas precisam de diferentes tipos de investimento. Para construir capital social, é importante que professores trabalhem em conjunto, que as famílias tenham um bom relacionamento com as escolas, e que os alunos participem de programas da comunidade. Segundo os autores, isso cria um ambiente de segurança que favorece o aprendizado.