Pular para o conteúdo

Um bolo de chocolate pode acabar com a sua atenção, mostra estudo

Jairo Bouer

14/10/2019 19:49




BOLOCHOCOLATE700 - Um bolo de chocolate pode acabar com a sua atenção, mostra estudo

Imagens de biscoitos, pizza, sorvete e outras guloseimas podem acabar com a sua concentração, mesmo que você não esteja pensando em  comida, mostra um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos.

A conclusão, publicada na revista científica Psychonomic Bulletin & Review, partiu de uma série de experimentos. Enquanto as pessoas realizavam tarefas que exigiam atenção no computador, imagens diversas eram apresentadas rapidamente na tela, por milésimos de segundos, sem que fosse possível identificar os objetos de forma consciente.

No primeiro teste, com 18 pessoas, fotos de objetos neutros, como uma bicicleta, um peça de boliche, ou de comida saudável, como cenouras e maçãs, causaram uma certa distração, fazendo com que os participantes levassem mais tempo para completar as tarefas. Mas quando a imagem era de algum alimento cheio de açúcar ou gordura, como um bolo ou um sorvete, o impacto na velocidade foi o dobro.

No segundo experimento, outro grupo com 18 voluntários foi convidado a completar as tarefas no computador, só que, desta vez, eles tinham que comer duas barrinhas de chocolate antes do teste. Nesse caso, as imagens de guloseimas apresentadas na tela não causaram uma distração maior do que os objetos neutros ou os alimentos saudáveis.

No terceiro teste, que contou com 64 pessoas, as imagens de alimentos saudáveis foram substituídas por rostos com expressões chamativas, como de medo ou desgosto. Metade do grupo, que não havia comido nada antes do experimento, ficou mais distraída com as fotos de guloseimas que as de objetos neutros ou emoções. Mas isso não ocorreu com a outra metade, que havia tomado um lanche antes de começar a tarefa.

Para os pesquisadores, os resultados reforçam o velho conselho de que é melhor ir ao supermercado de barriga cheia para não acabar comprando o que não deve. Para não falar na distração que os anúncios de guloseimas podem gerar quando as pessoas estão na internet.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS