Pular para o conteúdo

Pressão para ter filho derruba a libido masculina, mostra estudo

Jairo Bouer

14 de outubro


Crédito: Fotolia
Crédito: Fotolia

Um estudo realizado na Itália mostra que a pressão para ter um filho prejudica a libido dos homens, mais até do que a depressão, o cansaço e o medo de perder a ereção.

O trabalho foi feito com 298 homens, que responderam a 13 questionários detalhados sobre sua vida sexual, relacionamento e estado emocional. Os resultados mostraram que, quanto maior o desejo de ter um bebê, menor era o desejo deles por sexo.

Segundo os pesquisadores, da Universidade Sapienza de Roma, transar em determinados dias e horários que coincidem com o período fértil da mulher é a principal recomendação para casais que querem conceber. Mas o conselho deixa os homens 22% menos interessados em ir para a cama.

Embora o estresse e a depressão também sejam vilões frequentes do desejo, esses fatores podem ser mais fáceis de se combater do que a pressão para ter um filho, especialmente quando o casal está tentando há muito tempo. Os dados da pesquisa foram divulgados no jornal britânico Daily Mail.

Independente de estar, ou não, em tratamento para engravidar, é importante que o casal busque formas de se divertir e apimentar a relação para aliviar a pressão, que também afeta as mulheres. Um aconselhamento ou uma terapia podem ser úteis.

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS