Cinco dicas para você curtir o Carnaval sem arrependimentos

Publicado em Destaque, Notícias

Crédito: Fotolia

O Carnaval já está batendo na porta e, como sempre, aproveito para dar algumas dicas para você aproveitar a folia sem correr riscos. Todo mundo quer brincar, relaxar e curtir as fantasias, mas a festa pode ficar melhor ainda se você não deixar espaço para arrependimentos ou encanações no dia seguinte. Com álcool no sangue ou a consciência alterada, a capacidade de avaliar riscos fica prejudicada, e as pessoas se tornam mais vulneráveis não só a acidentes ou violência, como também a transar com alguém e se arrepender no dia seguinte. Então lá vai:

1) Use camisinha. Nos grandes eventos é comum haver distribuição, mas não conte com a sorte: leve preservativos com você e deixe-os em local de fácil acesso, como o bolso da bermuda. E não se esqueça que sexo oral também é sexo. Além de o HIV ainda ser um problema, os casos de sífilis e gonorreia aumentaram bastante nos últimos anos, e não só no Brasil.

2) Consentimento é fundamental. Lembre-se que “não” é “não”. Não é porque a pessoa está com uma fantasia sensual que você tem carta branca para avançar.  E ainda que alguém tenha decidido passar a noite com você, essa pessoa pode não querer brincar do seu jeito e isso deve ser respeitado.

3) Cuidado com o álcool. Até quem não é de exagerar pode sentir mais os efeitos da bebida na maratona de festas. Por isso é importante alternar o consumo de álcool com água e sucos, não sair para pular Carnaval em jejum e dormir direito. Claro que ninguém deve dirigir depois de beber, nem pegar carona com alguém que esteja alcoolizado, mas é bom acrescentar que a ressaca também prejudica a atenção.

4) Se você decidir usar alguma droga ilícita, os cuidados devem ser redobrados. Evite misturar com bebida, porque os riscos podem ser potencializados. Tenha sempre os amigos por perto para o caso de haver alguma emergência – lembre-se que não dá para ter certeza do que você está consumindo, e que cada pessoa reage de um jeito às substâncias. Na dúvida, peça para ser levado ao hospital.

5) Se a camisinha estourar ou você se descuidar, não tenha vergonha de ir a um posto de saúde ou procurar seu médico de confiança o quanto antes. O uso de medicamentos podem evitar a infecção pelo HIV se o tratamento for iniciado até 72 horas depois da relação desprotegida – a estratégia é chamada de PEP (profilaxia pós exposição). Algumas outras doenças também podem ser evitadas com intervenção precoce, bem como uma gravidez indesejada.