Pular para o conteúdo

Namorado entrou em um app de paquera gay. É traição?

Jairo Bouer

29/10/2020 21:39




Peguei meu namorado dando umas voltas no aplicativo de pegação usado por gays, ele diz que é só para zoar, mas eu acredito que não. Isso é considerado traição? Como saber se ele é bi ou até gay?

Dr. Jairo Bouer: Eu acho que sua pergunta traz duas questões na verdade para a gente discutir. A primeira questão é: eu estou namorando com alguém e descubro que essa pessoa com quem estou namorando está dando umas voltas por aí nos aplicativos, qualquer tipo de aplicativo de pegação, isso é ou não é traição!? Acho que esse é um ponto importante de a gente discutir.

Se eu estou namorando com alguém e a gente combina que não está a fim que a outra pessoa passe pelos aplicativos, aí descobrir que ela está passeando pode ser considerado alguma coisa que está quebrando esse pacto.

Veja, também, outros vídeos no meu canal no YouTube

Agora, se vocês estão namorando, está tudo bem com vocês e você acha e ele acha, também, que é tranquilo vocês darem uma olhadinha nos aplicativos, que isso não significa traição desde que você não coloque em prática, também OK. É uma coisa combinada, acordada pelo casal e isso é uma coisa que a gente fala, no relacionamento é sempre muito importante a gente discutir os limites, o que pode e o que não pode, o que vale e o que não vale, para ninguém se sentir machucado, para ninguém se sentir traído. Eu acho que esse é o primeiro ponto.

Segundo ponto: você contou que esses aplicativos em que ele estava são os aplicativos mais utilizados pelo público gay. Isso significa que ele é gay? Não sei.

Ele pode ser que seja gay, pode ser que seja bi, pode ser que ele esteja ali só dando uma espiadinha, agora, para ter certeza qual é a dele, ou por onde anda o desejo dele, eu acho que, de novo, é importante que vocês conversem. De repente ele pode sentir atração por homens e mulheres e, se isso não for um problema para você, o relacionamento vai na boa.

De repente ele pode sentir atração por homens e mulheres, você se sentir incomodada com isso, e aí vocês precisam discutir se esse relacionamento pode, ou não, deve, ou não, continuar.

Outra coisa: talvez ele esteja perdido. Ele está muito jovem, ele não sabe muito bem para onde vai o desejo dele, ele está curioso. Você pode tomar que ele entenda melhor essa fase dele, ou você fala que não está a fim disso, “é uma coisa que me incomoda, me sento insegura, então a gente tem que terminar ou tem que reconversar o relacionamento”.

Tudo isso é possível, a gente tem inúmeras possibilidades quando o assunto é relacionamento, por isso a gente fala que conversar é o melhor negócio para a gente definir limites e possibilidades.

Saiba mais:
Meu namorado é bissexual. Devo terminar a relação?

Sexualidade pode mudar bastante até os 29 anos, dizem pesquisadores

FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS