Sucesso do seu filho nas relações amorosas também depende de você

Publicado em Destaque, Notícias

Crédito: Fotolia

Crédito: Fotolia

Se você quer que seu filho, quando crescer, tenha sucesso nas relações românticas, comece já a prestar atenção na sua própria forma de se relacionar com ele, e com o pai ou mãe dele. Pesquisadores mostram que um clima familiar positivo atua como preventivo contra relacionamentos abusivos ou violentos.

Uma equipe das universidades Penn State e da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, acompanharam 974 adolescentes para descobrir como as relações familiares poderiam ter impacto nos relacionamentos românticos desses jovens mais tarde. Os participantes foram entrevistados em três momentos diferentes: duas delas enquanto eles tinham entre 12 e 15 anos de idade, e a terceira entre os 19 e 20 anos.

Vários aspectos das relações em família foram levados em conta nas entrevistas, como, por exemplo, que tipo de estratégias os pais deles utilizavam para disciplinar os filhos, como era o clima em casa, se havia interações positivas frequentes ou não, e assim por diante.

Os pesquisadores perceberam que, quando os pais eram mais calorosos, calorosos e assertivos, explicando a razão por trás das decisões, em vez de apelar para gritos ou castigos severos, os jovens apresentavam melhor capacidade de resolver os problemas nos relacionamentos românticos, com menor ocorrência de agressões físicas ou verbais.

Além disso, as crianças que tiveram um envolvimento mais positivo com seus pais durante a adolescência relataram sentir mais amor e conexão com seus parceiros. Os resultados foram publicados no Journal of Youth and Adolescence.

O relacionamento com os pais é o primeiro relacionamento íntimo que alguém tem na vida, por isso é de se esperar que isso se reflita na convivência com outras pessoas mais tarde. É em casa que o jovem aprende a se comunicar – de forma equilibrada ou não – durante um conflito. E não existe namoro sem conflito.

Um estudo anterior, publicado no Journal of Pediatrics e comentado aqui, já tinha mostrado que crianças que recebem punições físicas (como tapas ou surras) são mais propensas a agredir os parceiros fisicamente quando adultas.

Vale lembrar que ter relacionamentos românticos saudáveis é algo importante para a satisfação com a vida, e, como observam os autores da pesquisa atual, ajuda as pessoas até a serem pais e mães melhores. Em outras palavras: cuidar do clima familiar hoje pode ter uma influência positiva até na vida dos seus netos e bisnetos.