Semelhança com amigo pode fazer você confiar num estranho

Publicado em Destaque, Notícias

Crédito: Fotolia

Crédito: Fotolia

Você é capaz de confiar em um estranho se essa pessoa se parecer com algum conhecido seu que é bom caráter, mesmo que não se dê conta disso, mostra um estudo realizado na Universidade de Nova York. Segundo psicólogos, nosso cérebro tende a fazer julgamentos morais instantâneos com base em experiências anteriores.

Para chegar à conclusão, os pesquisadores realizaram uma série de experimentos com um jogo de investimento em que os participantes tinham que tomar decisões e confiar seu dinheiro a três jogadores diferentes, representados por imagens dos rostos deles. Um deles agia de forma confiável na maioria das vezes; o segundo, em só metade das ocasiões; e os últimos quase sempre pisavam na bola.

Em um segundo experimento, os mesmos voluntários participaram de um outro jogo parecido, e tiveram que selecionar novos parceiros. Desta vez, as faces dos jogadores foram transformadas para que mantivessem alguma semelhança física com os do jogo anterior. Os parceiros mais requisitados para uma rodada eram sempre aqueles que tinham sido os mais confiáveis na primeira vez.

Na terceira parte, os pesquisadores examinaram a atividade cerebral dos participantes durante a tomada de decisões em ambos os jogos, e viram que as regiões ativadas eram as mesmas da primeira tarefa. Os dados saíram na edição mais recente da revista Proceedings of the National Academy of Sciences.