Primeiro encontro causa emoção comparável a de esportes radicais

Publicado em Destaque, Notícias

Crédito: Fotolia

Crédito: Fotolia

Um estudo britânico sugere que a adrenalina liberada na primeira vez que você sai com uma paquera é comparável ao que as pessoas sentem ao praticar esportes radicais. Isso poderia explicar por que alguns indivíduos não sossegam nunca, e estão sempre trocando de parceiro.

O trabalho foi feito por uma equipe de cardiologistas da Universidade de Wolverhampton, que monitorou os batimentos cardíacos dos participantes em experiências consideradas excitantes, como saltar de paraquedas ou de tirolesa, bem como ao sair com alguém pela primeira vez.

A média de batimentos cardíacos durante uma aula de paraquedismo indoor, por exemplo, foi de 111 batidas por minuto, um resultado parecido com o que se obtém num encontro às cegas, em torno de 106..

Os pesquisadores também analisaram um levantamento feito com 2.000 adultos e descobriram que 54% das pessoas acham o primeiro encontro uma experiência extremamente emocionante. Um terço dos britânicos admitiu que já considerou desistir do encontro por causa do nervoso que estavam sentindo, e 45% confessaram que, na hora “H”, gaguejaram ou perderam o fio da meada durante a conversa.

O desconforto parece ser maior para as mulheres: dois terços delas disseram ficar nervosas demais antes do primeiro encontro. No entanto, apenas um quinto dos homens disse ficar relaxado e confiante nessas situações. Os dados foram divulgados no jornal britânico Daily Mail.

Os pesquisadores acreditam que experiências que tiram a gente da zona de conforto, como esses esportes radicais, poderiam até fazer as pessoas ficarem mais tranquilas ao sair com alguém  e até a lidar melhor com o estresse. Isso porque essas atividades ensinam que, depois do susto inicial, vem a curtição. Só não vale exagerar nos riscos – assim como é preciso buscar uma empresa idônea para pular de paraquedas, não dá para abrir mão da camisinha se as coisas esquentarem logo de cara.