Homens com aperto de mão forte são mais propensos a se casar

Publicado em Destaque, Notícias

Crédito: Fotolia

Crédito: Fotolia

Parece bobagem, mas um aperto de mão pode transmitir mais informações do que você imagina. A ponto de um grupo de pesquisadores da Escola de Saúde Pública da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, ter decidido investigar o tema a fundo. E as conclusões são curiosas: homens maduros com aperto de mão firme são mais propensos a se casar, uma associação que não foi encontrada entre as mulheres.

A pesquisa, feita em parceria com o centro de estudos sobre envelhecimento da universidade, contou com mais de 5.000 adultos de uma cidade da Noruega. A associação entre a força nas mãos e o estado conjugal dos participantes foi analisada quando eles tinham entre 59 e 71 anos de idade. As medidas de força de preensão manual foram obtidas com um aparelho que se parece com um balão de borracha. A equipe ainda comparou os dados com os registros de óbito da população masculina daquele país.

Os autores explicam que a força das mãos é uma medida já bem estabelecida, que indica saúde, especialmente a cardiovascular, e também independência. Por isso, eles sugerem que as mulheres dão preferência a parceiros que apresentam vigor físico e, por isso, não vão precisar de cuidados tão cedo. As informações foram publicadas na revista SSM-Population Health.

Pelo jeito, começar a fazer exercícios já para manter-se forte e saudável após os 50 anos é uma forma de garantir companhia. Mas esse estudo também indica que homens com fraqueza nas mãos podem ser mais propensos a um fardo duplo: a saúde mais frágil e a solidão. É fundamental que a sociedade pense em formas de ajudar essa população.