Dormir mal deixa adolescentes mais propensos ao vício, segundo estudo

Publicado em Blogosfera Uol, Destaque

JOVEMNETSAUDE700

Mesmo curtos períodos de restrição de sono podem aumentar o risco de adolescentes desenvolverem depressão e dependência. O alerta é de pesquisadores da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos.

Um grupo de 35 jovens de 11,5 a 15 anos de idade foi convidado a passar a noite no laboratório de sono da universidade e, enquanto metade deles dormiu dez horas, a outra metade foi acordada após quatro horas de sono. Uma semana depois, o mesmo grupo voltou ao local e o esquema foi trocado.

Em cada visita, os participantes passaram por exames de escaneamento cerebral enquanto eram submetidos a um jogo que envolvia recompensas de 1 dólar e de 10 dólares. Eles também responderam questionários para descrever suas emoções.

Os exames mostraram que a restrição de sono afetou uma área do cérebro chamada putâmen, que exerce um papel importante nos movimentos que envolvem objetivos e também no aprendizado obtido através de recompensas. E resultou em alterações importantes no humor. Os dados foram publicados no site do American College of Neuropsychopharmacology.

Embora o estudo seja pequeno e de curto prazo, os dados sugerem que dormir pouco traz um enorme potencial de risco para os adolescentes, que ainda estão com o cérebro em formação. Mais um motivo para deixar o smartphone e o tablet longe do alcance na hora de dormir.

Fonte: Blog do Doutor Jairo Bouer no UOL