Até desligado o smartphone consome atenção do usuário, mostra estudo

Publicado em Notícias

Um estudo revela que as pessoas têm dificuldade de executar tarefas simples que exigem concentração quando estão perto do smartphone, pois não conseguem se desligar dele, mesmo sem se dar conta disso. Segundo pesquisadores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, o aparelho drena a capacidade cerebral das pessoas mesmo quando está desligado. As informações foram divulgadas no jornal britânico Daily Mail.

A equipe, liderada pelo pesquisador Adrian Ward, conduziu experimentos com cerca de 800 usuários de smartphone para medir o impacto que a simples proximidade com o aparelho causa.

Em um deles, os participantes realizaram uma série de testes no computador que demandavam concentração. Antes de começar, todos foram orientados a deixar o aparelho silencioso. Uma parte tinha que deixar o celular virado para baixo, na mesa; outra parcela, no bolso ou na mochila; e o último grupo mantinha o aparelho em outra sala. Quem deixou o smartphone em outro ambiente se saiu bem melhor nas tarefas.

Em outro experimento parecido, os participantes responderam a um questionário para avaliar o grau de dependência do smartphone no dia a dia. Depois, tinham que fazer as tarefas no computador com o celular virado para baixo, na bolsa, em outro ambiente, ou desligado sobre a mesa.  De novo, os participantes que deixaram o aparelho em outra sala se saíram melhor nos testes. Ou seja: mesmo desligado, mas ao alcance da vista, o celular foi capaz de prejudicar o desempenho dos usuários.